Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Navegar para Cima

 

Compartilhe
Xu Bing
1955, Chongqing, China - Vive em Pequim, China, e NovaYork, Estados Unidos

​Símbolos que se materializam, embaralham significados e inventam um novo código desafiam o espectador na obra de Xu Bing. Em seus trabalhos, espectadores se veem diante de algo familiar até que percebem a falta de correspondência com a realidade. Em um sofisticado jogo de significados, o artista traz à tona o teor limitante e o distanciamento que as palavras possuem do mundo material e espiritual. Ofuscando a fronteira em que se encontram linguagem e significado, Xu Bing faz com que se desconfie do conhecimento. Ao impossibilitar a leitura, o artista explora a conexão do homem com o mundo escrito, a função e os limites da linguagem.

TRIGÉSIMA
BIENAL DE SÃO PAULO
A IMINÊNCIA DAS POÉTICAS

7 DE SETEMBRO - 9 DE DEZEMBRO 2012
PARQUE DO IBIRAPUERA, PAVILHÃO DA BIENAL
SÃO PAULO
ENTRADA GRATUITA

HORÁRIO DE VISITAÇÃO
TER, QUI, SÁB, DOM E FERIADOS
DAS 9 ÀS 19H - ENTRADA ATÉ 18h
QUA E SEX DAS 9 ÀS 22H - ENTRADA ATÉ 21H
FECHADO ÀS SEGUNDAS
Logon