Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

Post

Compartilhe
Acontece Itinerâncias da 30ª Bienal chegam ao fim com total de 184.076 mil visitantes
tags: 19 de julho de 2013

942731_10151569563454477_1035075228_n.jpg
  Obras de Nydia Negromonte e Alexandre Navarro Moreira no SESC Campinas | ©Alexandre Nunis/Sesc-SP

No período de janeiro a junho de 2013, oito cidades brasileiras receberam as exposições itinerantes da 30ª Bienal de São Paulo - Aiminência das poéticas. Sob novos recortes curatoriais especialmente elaborados pela equipe do venezuelano Luis Pérez-Oramas, as cidades de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Araraquara, Bauru, Campinas, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Ribeirão Preto receberam obras de 53 dos 111 artistas nacionais e internacionais que ocuparam o Pavilhão Ciccillo Matarazzo em 2012.


942041_10151558278064477_1171956339_n.jpg
  Vídeos do cineasta Guy Maddin, em Araraquara | © Bruna Moreschi/Divulgação SESC

 Ao todo, 184.076 mil pessoas visitaram as Seleções de Obras da Bienal, com destaque para o público de Belo Horizonte, que somou 63 mil visitantes entre os meses de janeiro e março, quando a exposição esteve em cartaz no Palácio das Artes. As quatro unidades do SESC no interior de São Paulo totalizaram, cada uma, os públicos: 52.047 em São José do Rio Preto, 36.202 em Araraquara, 21.725 em Bauru e 7.521 em Campinas. A exposição de pinturas que passou pelas duas unidades da FAAP localizadas em Ribeirão Preto e São José dos Campos teve, ao todo, o público de 2 mil pessoas. E o Museu de Arte Murilo Mendes, localizado na mineira Juiz de Fora, recebeu um total de 1.581 visitantes.


312473_10151447785969477_1879256748_n.jpg
  Obra de Bispo do Rosário no Palácio das Artes, em Belo Horizonte | ©Paulo Lacerda

Para Luis Terepins, presidente da Fundação Bienal de São Paulo, a iniciativa – que nasceu em 2011 com a 29ª edição, quando trouxe 226.474 visitantes para um circuito de 12 capitais - apresenta, no modelo atual, números igualmente expressivos, já que se optou por contemplar cidades fora do eixo das capitais, onde o acesso a exposições de arte é mais limitado. “Mesmo assim, o total de visitantes foi surpreendente, o que reforça o nosso argumento de que há um movimento cultural crescente e que vamos continuar a promover tais ações para aproximar cada vez mais a Bienal da população brasileira e ampliar seu contato com a experiência artística.

 

O Educativo Bienal, sob responsabilidade de Stela Barbieri, promoveu 20 ações durante as Seleções de Obras nas cidades anfitriãs. Entre encontros de formação para professores e educadores, além de formações abertas sobre arte contemporânea para os públicos locais, as ações do Educativo apontam 1093 docentes diretamente impactados entre os meses de janeiro e maio de 2013.

COMENTÁRIOS
Seu comentário
Seu nome
Seu email
vhefrimk
TRIGÉSIMA
BIENAL DE SÃO PAULO
A IMINÊNCIA DAS POÉTICAS

7 DE SETEMBRO - 9 DE DEZEMBRO 2012
PARQUE DO IBIRAPUERA, PAVILHÃO DA BIENAL
SÃO PAULO
ENTRADA GRATUITA

HORÁRIO DE VISITAÇÃO
TER, QUI, SÁB, DOM E FERIADOS
DAS 9 ÀS 19H - ENTRADA ATÉ 18h
QUA E SEX DAS 9 ÀS 22H - ENTRADA ATÉ 21H
FECHADO ÀS SEGUNDAS
Logon